segunda-feira, 6 de agosto de 2007

E fomos...

Um carro, depósito cheio, gosto e vontade de viajar e de fazer render o fds (a um Domingo) quando todos já pensam em fazer as malas e regressar a casa.
E fomos, andamos como o raio (expressão com marca registada). Para trás ficou o mau tempo de Lx, pelo meio ficou um dia de praia que fez corar de vergonha a má experiência do fds anterior, a passagem por locais dignos de se perder algumas horas e um jantar, e no fim um concerto memorável.
E valeu cada um dos 484Kms.
A banda era apenas e só James, a companhia era Just (...)
Fica a vontade de repetir.

Ps: Obrigado eu!


Encore:



Whenever she's feeling empty
Whenever she's feeling insecure
Whenever her face is frozen
Unable to fake it anymore

Her shadow is always with her
Her shadow could always keep her small
So frightened that he won't love her
She builds up a wall

Oh no, she knows where to hide in the dark
Oh no, she's nowhere to hide in the dark
She's a star
She's a star

She's been in disguise forever
She's tried to disguise her stellar views
Much brighter than all this static
Now she's coming through

Oh no, she knows where to hide in the dark
Oh no, she's nowhere to hide in the dark
She's a star
She's a star

Don't tell her to turn down
Put on your shades if you can't see
Don't tell her to turn down
Turn up the flame
She's a star
She's a star

It's a long road
It's a great cause
It's a long road
Its a good call

You got it
You got it
She's a Star

1 comentário:

Justbela disse...

Carlos eu a entrar em casa às 4:30 am, de havaianas, chapéu de Sol, saco de praia e a chover lá fora.LOL!

Gostei muito e sabes porquê? Pela loucura das horas: na hora do regresso continuavamos descer. A descontracção da viagem. O final de tarde LINDO. A tua companhia serena.

Vou-me manter em blackout sobre o excesso velocidade, os traços continuos, a via verde....

Um beijinho Carlitos.